Como controlar ansiedade: 12 exercícios e atitudes reduzem nervosismo antecipado


Sentir ansiedade é algo inerente ao ser humano e pode até ser bom, já que serve como preparação para o que vem pela frente. Porém, quando o sentimento sai do controle, o indivíduo deixa de lado a motivação para os desafios e passa a traçar um labirinto de negatividade e antecipação irrealista do futuro.

Mas dá para lidar melhor com essa sensação que pode causar muita agonia. Saiba como diminuir ansiedade a seguir.

O que é ansiedade?

É perfeitamente normal sentir-se ansioso antes de compromissos importantes, como festas, entrevistas de emprego e encontros. Isso ocorre por um mecanismo do cérebro que se prepara para a situação.

Contudo, se você sentir que a preocupação com o futuro está exagerada, o ideal é buscar ajuda de profissionais, já que pode se tratar de um transtorno de ansiedade generalizado;

Ansiedade comum X Transtorno de ansiedade generalizado

Apesar de ser um sentimento do dia a dia, é preciso observar as diferenças entre a ansiedade normal e o transtorno. Segundo o psiquiatra Antônio Geraldo da Silva, superintendente técnico da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), a principal característica do distúrbio psiquiátrico é o enorme prejuízo à qualidade de vida do paciente, visto que o problema afeta todas as esferas.

Os sintomas de ansiedade generalizada se manifestam na mente e no corpo, podendo incluir:

  • Preocupação e medo constantes
  • Nervosismo e inquietude
  • Problemas de concentração
  • Sentimento de que algo ruim acontecerá
  • Falta de controle sob os pensamentos
  • Dificuldade em dormir
  • Aperto no peito e palpitação no coração
  • Cansaço
  • Tontura e mal-estar
  • Falta de ar
  • Dores abdominais e alterações no hábito intestinal
  • Músculos tensionados e doloridos

 

Como o transtorno de ansiedade tem causas genéticas, o ideal é buscar um médico psiquiatra para que o diagnóstico seja confirmado e o tratamento indicado. Os cuidados podem incluir medicamentos ansiolíticos e antidepressivos, psicoterapia e acompanhamento nutricional.

No dia a dia, a ansiedade que não é tão grave pode ser contornada com algumas atitudes simples, mas muito eficazes.

Como controlar ansiedade e o nervosismo em 12 atitudes
Alimentação para controlar ansiedade

A alimentação é capaz de interferir de diferentes maneiras no nosso organismo. Ela altera desde funções vitais, como a digestão e a respiração, até a maneira como nos sentimos. Assim, ter um cardápio balanceado, sem excesso de gordura e açúcar, é essencial para reduzir ansiedade.

Alimentos que pioram ansiedade

Alguns alimentos com ação estimulante podem potencializar as crises pois aumentam os níveis do hormônio relacionado ao estresse. Café, guaraná, chás com ação energética (como mate e preto), bebidas alcoólicas, alimentos industrializados e à base de farinha branca são alguns cujo consumo deve ser restringido.

Alimentos que melhoram ansiedade

Vale apostar em comidas com propriedade relaxante e anti-estresse, como alimentos à base de farinha integral, receitas de chás calmantes (como as de camomila e maracujá), sementes (de abóbora, gergelim ou girassol), cereais e frutas cítricas.

Qualidade do sono: como melhorar

Um bom sono é essencial para relaxar e renovar as energias. Uma dica para dormir bem é desconectar-se de eletrônicos, como celulares e computadores, pouco antes de dormir, já que a luz emitida por esses aparelhos estimula o cérebro a ficar acordado. Evitar cochilos durante o dia e jantar alimentos leves são outras dicas para não sabotar sua noite.

Se nada funcionar e a insônia surgir, não a force. Levante e tome uma xícara de chá de camomila ou um copo de leite morno e retorne para cama só quando a vontade de dormir começar a surgir.

Prática de atividades prazerosas

Todo mundo merece tirar um tempo para si mesmo. Apostar em trabalhos e atividades que goste ajuda a relaxar e ainda dá sensação de paz. Ações voluntárias, ler um livro cujo enredo seja positivo, dançar ou praticar esportes em grupo são boas alternativas para espairecer e combater a ansiedade excessiva.

Não se cobre demais

Esse é um exercício difícil e que requer prática: quando surgirem preocupações resultantes da ansiedade, seja generoso consigo mesmo e não exija comportamentos ou atitudes que ultrapassem seus limites. Além disso, monitore se a atitude em questão será realizada por sua própria vontade ou se é fruto do desejo ou expectativa de outra pessoa.

Exercícios contra ansiedade

Exercícios para controlar a ansiedade podem incluir técnicas de respiração, contato com o solo e vibração. Eles promovem um relaxamento corporal e mental que abre novas possibilidades para evitar expectativas negativas e pensar conscientemente.

Atividades físicas

Se movimentar libera endorfina, hormônio que proporciona bem-estar e felicidade e ótimo complemento para controlar ansiedade naturalmente. Alongamento, dança, yoga, artes marciais, luta e meditação são apenas algumas das opções de um amplo leque.

A psicóloga Marilene Kehdi afirma que a desculpa de “não saber qual exercício” gosta não é válida: “Frequente uma academia e assista a algumas aulas até que reconheça uma modalidade que lhe desperte interesse. Esforce-se para iniciá-la pois, se você gostar, irá comprovar o quanto ela lhe devolverá a qualidade de vida e a paz”, ressalta a especialista.

Meditação: como praticar

Meditar por pelo menos 15 minutos diários promove benefícios como redução do estresse e da ansiedade e melhora da concentração e capacidade cognitiva.

A prática pode ser feita de diversas formas. Uma das mais simples consiste em se acomodar confortavelmente em um local silencioso, deixar a coluna e o pescoço retos e cruzar os membros inferiores na posição “perna de índio”. Depois, Repouse as mãos no colo, uma sobre a outra, e deixe as palmas viradas para cima.

Finalmente, concentre-se apenas em sua respiração, puxando o ar pelo nariz e soltando pela boca de forma vagarosa. A cada expiração mentalize que está liberando toda a negatividade de seu corpo.

Terapias alternativas

Aromaterapia, cromoterapia e acupuntura são técnicas com poder curativo que podem diminuir a ansiedade.

Os benefícios da acupuntura, método que envolve a introdução de agulhas nos pontos vitais do corpo, surgem pelo equilíbrio da energia. Já a aromaterapia consiste no uso de óleos essenciais diluídos em água morna com o objetivo de espantar o estresse.

Lista de prioridades

Querer fazer muitas coisas de uma vez causa estresse e preocupação. O ideal é sempre finalizar uma tarefa para então pensar na outra, definindo prioridades para o que é mais importante.

Acredite, deste modo você cumprirá seus deveres com mais organização e qualidade.

Mude a forma de encarar desafios

“E se meu avião cair?”, “E se eu esquecer tudo que tenho de falar na reunião?”, “E se eu não conseguir terminar a tarefa a tempo e ganhar nota ruim?”, “E se meu parceiro me deixar?”… A série de “E se…” costuma ser muito presente na vida de uma pessoa ansiosa e impede que enxerguemos o lado bom das coisas. Ademais, esses temores dificilmente se concretizam.

É imprevisível saber como as coisas ocorrerão, por isso não adianta pensar demasiadamente nos problemas do amanhã, visto que cada dia deve ter seus próprios desafios. Foque sua energia em se preparar para a situação quando for possível e tente aceitar o fato de quem nem tudo pode ser controlado.

Durante uma crise de ansiedade o ideal é tentar espairecer e fugir do que o confronta. Saia do local que está e busque um ambiente calmo e, de preferência, aberto.

Depois, faça o seguinte exercício de respiração: inspire profundamente, enchendo o peito de ar, e expire devagar. Repita ao menos três vezes enquanto tenta não pensar em problemas.

Busque um psicólogo

Um meio de tratamento altamente eficaz e válido é a psicoterapia. Com ajuda de psicólogos o paciente aprende meios para controlar ansiedade e enxergar as coisas de forma positiva. Autoconhecimento e causas por trás do desequilíbrio, como indecisões quanto à carreira ou relacionamentos, também são trabalhados na terapia.

Como acalmar ansiedade

  • Cuide-se: aprenda técnica para controlar ansiedade na gravidez
  • Como controlar compulsão alimentar causada por ansiedade?
  • Neurocientista lista músicas para diminuir estresse e ansiedade; ouça.

 

Fonte: www.vix.com