10 de Outubro – Dia Mundial da Saúde Mental

A saúde mental é uma das áreas mais negligenciadas da saúde pública. Por conta disso, em 1992, a Federação Mundial de Saúde Mental intitulou o dia 10 de outubro como o Dia Internacional da Saúde Mental, com o objetivo de chamar a atenção para o tema e movimentar a conversa na sociedade.


O tema é tão sério que os números falam por si: aproximadamente 1 bilhão de pessoas vivem com um transtorno mental; 3 milhões de pessoas morrem todos os anos devido ao uso nocivo do álcool e; uma pessoa morre a cada 40 segundos por suicídio, segundo a Organização Pan-Americana da Saúde, braço na América Latina da Organização Mundial da Saúde (OMS).


Listamos algumas doenças mentais que podem afetar sua saúde:


Depressão


A depressão é uma doença séria caracterizada pela oscilação do humor, que geralmente dura longos períodos. Essa doença interfere diretamente tanto na vida pessoal quanto na vida profissional da pessoa, trazendo grande sofrimento pessoal e disfunções no meio em que vive (profissional, escolar, familiar). No pior dos casos, a depressão pode levar ao suicídio. A interação entre fatores sociais, psicológicos e biológicos (a exemplos do desemprego, luto, traumas, stress e até doenças cardiovasculares) podem fazer com que uma pessoa desenvolva a depressão. As mulheres geralmente são mais afetadas que os homens. A depressão é uma doença que tem tratamento. Um profissional de saúde especializado poderá indicar medicamentos antidepressivos e atendimento psicológico eficaz.


Transtorno afetivo bipolar


Esta condição caracteriza-se por episódios de mania e depressão, intercalados por momentos de humor normal. Outras situações associadas ao transtorno efetivo bipolar nos episódios de mania são humor elevado ou irritado, excesso de atividades, autoestima elevada e menor necessidade de horas de sono. Além de medicamentos que estabilizam o humor, o apoio psicossocial é importante para o tratamento da fase aguda desta condição.


TOC (Transtorno obsessivo-compulsivo)


O transtorno obsessivo-compulsivo é caracterizado pela presença de pensamentos obsessivos e atos compulsivos, que podem comprometer a qualidade de vida e até incapacitar uma pessoa de desempenhar as atividades corriqueiras do dia a dia. Na obsessão, a pessoa tem pensamentos intrusivos, persistentes e indesejáveis que são incontroláveis. Nas compulsões, elas fazem ações repetitivas para tentar diminuir a ansiedade e o sofrimento causado por essas obsessões.


TAG (Transtorno de ansiedade generalizada)


A ansiedade é um estado de alerta quando há uma ameaça desconhecida e conflituosa. Ela é considerada normal quando acontece em algumas situações. Entretanto, quando essa preocupação se apresenta de forma excessiva e corriqueira, ela se caracteriza como um transtorno.



FONTE: https://www.eurofarma.co.mz/artigos/10-de-outubro-dia-mundial-da-saude-mental



2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Anemia